Sextou no Fun Arte Skate, Arte e Cultura

No segundo dia do Fun Arte Skate, Arte e Cultura, a plateia vai poder acompanhar a quantas anda a intervenção artística feita por grafiteiros no muro, fachadas e corredores do Complexo Cultural Funarte SP, sob o comando do street artist Binho Ribeiro. o skatista Bob Burnquist recebe convidados na rampa do evento. Por falar na estrutura, os arquitetos responsáveis pela obra vão bater um papo com o público sobre como é erguer o palco do desfile das manobras radicais.

O Complexo Cultural Funarte SP fica na Alameda Nothmann 1.058, em Campos Elíseos. O evento acontece das 14h às 20h, com entrada franca, por meio de inscrições pela plataforma Sympla. Mas fica a dica: o acesso às atividades está sujeito à lotação da capacidade de cada sala por ordem de chegada. Para não perder nada, é melhor chegar uma hora antes.

Parte do programa Arte de Toda Gente, parceria da Fundação Nacional de Artes (Funarte) com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o evento é realizado pela Escola de Música da UFRJ e pelo Instituto Bob Burnquist.

A programação completa você confere aqui.

Fun Arte Skate, Arte e Cultura começa amanhã

Com o DJ Robson Selectah no comando das carrapetas, o Complexo Cultural Funarte SP abre suas portas, nesta quinta-feira, às 14h, para o FunArt Skate, Arte e Cultura. A programação seguirá com o espetáculo “Mané Gostoso”, do Ballet Stagium, e inclui roda de conversa com o skatista Bob Burnquist e o street artist Binho Ribeiro, além, é claro, da apresentação de skatistas convidados na rampa construída especialmente para o evento. O primeiro dia termina com o show “O samba-enredo canta as Histórias do Brasil”. 

O Complexo Cultural Funarte SP fica na Alameda Nothmann 1.058, em Campos Elíseos. O evento acontece das 14h às 20h, com entrada franca, por meio de inscrições pela plataforma Sympla. Mas fica a dica: o acesso às atividades está sujeito à lotação da capacidade de cada sala por ordem de chegada. Para não perder nada, é melhor chegar uma hora antes.

Parte do programa Arte de Toda Gente, parceria da Fundação Nacional de Artes (Funarte) com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o evento é realizado pela Escola de Música da UFRJ e pelo Instituto Bob Burnquist.

A programação completa você confere aqui.

Arte de toda gente, Um programa que é só sucesso

Parceria da Fundação Nacional de Artes (Funarte) com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com curadoria da Escola de Música da universidade, o programa Arte de Toda Gente abre suas portas para o FunArt Skate Arte e Cultura. Não à toa: a diversidade é a marca registrada do programa que, hoje, compreende três diferentes iniciativas:”Bossa Criativa – Arte de Toda Gente, Sistema Nacional de Orquestras Sociais (Sinos) e Um Novo Olhar (UNO).

Bossa Criativa – Arte de Toda Gente  reúne apresentações e oficinas de diversas linguagens artísticas e manifestações da economia criativa. O foco é a democratização da cultura, bem como a diversidade e a difusão de todas as artes, de modo inclusivo. As atividades são compostas de shows curtos, performances, mostras, lives e vídeos de capacitação, exibidos no site www.bossacriativa.art.br, com participação de artistas de todo o Brasil. 

O Sistema Nacional de Orquestras Sociais (Sinos), por sua vez, é formado por uma rede de dezenas de profissionais de música, que atuam em cursos, oficinas, concertos e festivais, produzindo ainda material didático de apoio, partituras e publicações, centralizadas no site www.sinos.art.br. A ideia é capacitar regentes, instrumentistas, compositores e educadores musicais, apoiando projetos sociais de música e, ainda, contribuir para o desenvolvimento das orquestras-escola de todo o país. 

Por fim, Um Novo Olhar (UNO) promove a inclusão e o acesso de crianças, jovens e adultos com algum tipo de deficiência, por meio das artes e da capacitação de professores e de regentes para coro. Com a exibição online de performances de artistas e vídeo podcasts (vodcasts) sobre arte e acessibilidade, a promoção de lives, encontros e seminários virtuais e com uma série de publicações – que incluem a produção de versões e partituras originais de compositores brasileiros formatadas para corais –, o projeto tem também o objetivo de ampliar a percepção de toda a sociedade sobre as deficiências. Tudo isso você confere em www.umnovoolhar.art.br.