FANTA KONATÊ apresentará a Cultura da Guiné Conacri convidando todas as pessoas a celebrarem a vida através da Dança.  

O repertório dos tambores DJEMBÊS e DUNUNS vem diretamente das Aldeias da Guiné e são ritmos que promovem a união da comunidade, incentivam o trabalho no campo, exaltam a importância de cada um na sociedade homenageando as mulheres, crianças, as profissões, os trabalhadores, celebrando as fases da vida desde o nascimento à idade adulta. 

A música não tem caráter religioso e sim comunitário, onde ritmos, canções e danças foram preservados há 800 anos,  herdeiros do MANDÉN , também conhecido como Império de Mali (Séc XIII).  

O Djembê é um tambor em forma de taça , esculpido num tronco de árvore e possui um som de grande intensidade e  amplitude de frequências, do agudo ao grave.  Os Dununs são os 3 tambores que compõem os ritmos fazendo a estrutura da “melodia” e conduzido por sinos; são eles Kenkeni (agudo), Sangban (médio) e Dunumbá (grave).

Existem diferentes formatos de dança , em roda, em fileiras, individual , coletiva e a dança é para todos, multiplicando a alegria e conexão entre as pessoas.   

Bgirls e Bboys também serão muito benvindos pois muitos passos e conceitos das danças de rua também nasceram na África, onde o tambor solista marca os passos, acentua os “freeze” e cadencia a evolução de cada performer.

Inscreva-se aqui para participar

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.